Bem-Estar Corporativo

A função do coaching na gestão estratégica de pessoas

7 de dez. de 2023
Última alteração 7 de dez. de 2023

Os processos de coaching podem fazer uma grande diferença na vida das pessoas. E proporcionar esse tipo de programa aos colaboradores também pode trazer benefícios para as empresas. Afinal, isso demonstra o compromisso em apoiar a equipe e fornecer ferramentas úteis para a conquista dos seus objetivos pessoais e profissionais.

Além de contribuir para o desempenho individual, o coaching pode ter reflexos positivos no engajamento no trabalho, na qualidade das relações profissionais e no clima organizacional. Mas como isso funciona na prática? Qual o impacto dessa estratégia para a gestão de pessoas e a performance nos negócios? Saiba o que é importante considerar antes de implementar um programa de coaching na sua empresa.

Lead Magnet_PT-BR.png

O que é coaching?

Coaching é um método usado para alavancar o desenvolvimento das pessoas de uma maneira envolvente e orientada para resultados. O termo "coaching" deriva da palavra "coach" que, em inglês, significa 'treinador'. Para John Whitmore, autor de Coaching para Performance, essa metodologia consiste em "liberar o potencial de uma pessoa para incrementar ao máximo seu desempenho. Em ajudá-la a aprender em lugar de ensiná-la".

Como é o processo de coaching

No processo de coaching tradicional, um especialista no método (o coach, ou treinador) tem o papel de orientar, incentivar e acompanhar os progressos da pessoa interessada (o coachee). Isso acontece em sessões individuais com finalidades como:

  • Refletir sobre as expectativas em um determinado contexto
  • Reconhecer incertezas e obstáculos a serem superados
  • Definir um foco para o processo, considerando as perspectivas ao longo do tempo
  • Elaborar e seguir um plano de ação com metas alcançáveis
  • Desenvolver potencialidades, consolidar hábitos positivos, aprimorar a comunicação e os relacionamentos interpessoais
  • Mensurar os progressos e fazer reajustes ao acompanhar essa evolução

O coaching nas empresas

Empresas podem incluir programas de coaching no pacote de benefícios corporativos ou adotá-los como parte das estratégias de desenvolvimento dos colaboradores. Uma opção é contratar serviços terceirizados para que o processo tenha uma perspectiva externa à gestão de pessoas. Também há organizações que incentivam a atuação como líder coach e as ferramentas de coaching online têm ganhado cada vez mais espaço no cenário atual.

Os principais benefícios do coaching costumam acontecer ao longo do tempo, mas essas iniciativas podem ter objetivos de médio prazo — por exemplo, ajudar a equipe a passar por um processo de mudança no trabalho ou preparar alguns profissionais para assumir novas responsabilidades.

Ao ajudar os colaboradores a se desenvolverem, as empresas podem melhorar suas taxas de engajamento e retenção de talentos. E um estudo norte-americano indica que 51% das organizações com uma forte cultura de coaching conquistam melhores resultados de negócios que a concorrência em seu setor.

Principais tipos de coaching

O processo de coaching pode focar em diferentes áreas no contexto pessoal e profissional. Nas empresas, as principais opções aplicadas à gestão de pessoas são:

  • Coaching de liderança: pode fazer parte de um plano de desenvolvimento individual (PDI) ou das estratégias do RH para a formação de líderes mais confiantes
  • Coaching executivo: voltado para profissionais de C-Level, liderança e gestão em busca de excelência na atuação e nos negócios
  • Coaching pessoal: também chamado de life coaching, abrange diferentes áreas da vida com um trabalho de autoconhecimento e transformações positivas
  • Coaching de saúde e bem-estar: uma tendência atual para manter hábitos saudáveis e melhorar a qualidade de vida dos profissionais dentro e fora das empresas
  • Coaching financeiro: com planos para aprender a lidar melhor com orçamentos, investir de acordo com objetivos a médio e longo prazo, planejar a aposentadoria etc.

Vale destacar que agile coaching e mentoria têm características diferentes dos processos mencionados acima. Geralmente, profissionais de agile coaching treinam mais de uma pessoa para a adotar metodologias ágeis no trabalho, como Scrum, Kanban, Lean etc.

Já a principal diferença entre coaching e mentoring está na condução do processo: coaches trabalham lado a lado com uma pessoa que conduz a própria evolução, enquanto mentores ficam em uma posição de superioridade ao transmitirem seus conhecimentos e orientações.

Dicas para um programa de coaching bem-sucedido

Seja para fazer coaching com recursos internos, investir em uma consultoria terceirizada ou adotar aplicativos com base nesse método, o RH tem um papel estratégico para garantir que a iniciativa seja bem-sucedida.

Estas são as principais dicas para a implementação de um programa de coaching de sucesso:

  1. Entenda como o coaching pode ajudar sua força de trabalho

Para que o coaching seja realmente eficaz na gestão de pessoas, é bom ter expectativas coerentes com a proposta desse método. Lembre-se que o processo depende muito do interesse e da dedicação dos coachees (quem está sendo treinado). Por outro lado, essa pode ser uma maneira muito eficaz de:

  • Ampliar perspectivas
  • Incentivar o senso de propósito
  • Solucionar questões comportamentais
  • Tornar a comunicação mais assertiva
  • Desenvolver competências relevantes para a empresa
  • Aumentar a autonomia e a satisfação no trabalho

  1. Potencialize a conexão entre coaching e bem-estar

O sucesso de um programa de coaching está fortemente conectado à atenção das empresas ao bem-estar de seus colaboradores. Essa conexão é estratégica: profissionais que se sentem apoiados tendem a se dedicar mais ao processo de desenvolvimento individual e, como consequência, podem gerar melhores resultados para os negócios.

Por outro lado, 75% das pessoas em cargos no C-Level pensam em trocar a empresa atual por uma que dê mais valor ao bem-estar e o panorama é semelhante para uma média de 62% dos colaboradores em outras posições.

  1. Alinhe ao máximo as suas estratégias

O coaching é diferente dos programas de treinamento com conteúdo pré-aprovado, mas pode (e deve) seguir os princípios da cultura da empresa e do seu employer branding.

O alinhamento também é crucial para definir um objetivo e compartilhá-lo com os coaches ou outros parceiros nessa empreitada. Isso ajuda a estabelecer uma relação de confiança, já que as informações sobre o que acontece no processo com os colaboradores ficam protegidas pelo sigilo entre coach e coachee.

  1. Esclareça a abrangência do programa

Algumas empresas só oferecem sessões de coaching para profissionais em posições estratégicas. Outras decidem tornar esse tipo de processo disponível para todos. E se a ideia é atrelar o programa a uma oportunidade de evolução na carreira, é bom manter a transparência sobre os critérios para a participar.

Com informações claras sobre o programa oferecido pela empresa, fica mais fácil despertar o interesse e estimular o engajamento da equipe.

  1. Procure mensurar os resultados

Para avaliar o impacto do programa de coaching na sua empresa, é essencial definir parâmetros e métricas para determinar seu êxito. Alguns softwares de coaching permitem acompanhar e analisar dados ao longo do processo. Avaliações de desempenho ou outras ferramentas de People Analytics também podem ser úteis para entender o impacto das sessões de coaching virtual ou presencial.

Promova o bem-estar com os programas de coaching da sua empresa

O trabalho com um coach proporciona uma experiência marcante, que ajuda a desenvolver a inteligência emocional, lidar melhor com as pressões do trabalho e alavancar o bem-estar integral dos colaboradores. Por isso, é importante garantir que o processo seja orientado por profissionais qualificados e escolher muito bem suas ferramentas.

Se quiser ir além do coaching no ambiente de trabalho e oferecer aos seus colaboradores a opção de contar com um coach de saúde integral, o Trainiac by Gympass dá aos usuários a oportunidade de ter um acompanhamento individualizado para melhorar sua saúde física e emocional, sono e nutrição. Converse com um especialista do Gympass e descubra um universo de benefícios para o bem-estar de sua equipe com uma única assinatura.

Fale com um especialista em bem-estar_BR2.png

Referências


Compartilhe


Gympass Editorial Team

A Equipe Editorial do Gympass traz aos líderes de RH as informações necessárias para promover o bem-estar dos colaboradores. Em um cenário profissional em rápida evolução, nossas pesquisas, análises de tendências e guias práticos são ferramentas importantes para levar cada vez mais satisfação e saúde ao ambiente de trabalho.